EMENDA DE ELEMENTOS PRÉ-FABRICADOS

1 minuto para ler

Principais situações para uso das emendas:

• Pilares muito longos que exigem armadura extra somente para seu transporte e que, pelas suas dimensões, exigem a utilização de carretas especiais em seu transporte;

• Pilares para edifícios altos que demandam a contratação de equipamentos de montagem, gruas e guindastes, com elevada capacidade de carga;

• Pilares executados junto a divisas ou sobre paredes diafragma, que, em vista da dificuldade na execução do cálice e de sua conformação, afastaria os pilares da divisa;

• Pilares que nascem nas extremidades de vigas alavanca;

• Eliminação dos cálices nas fundações, proporcionando menor profundidade de escavação e blocos ou sapatas com menores dimensões;

• Pilares que nascem em vigas de transição;

• Ligação de vigas em pilares quando há necessidade de absorver a inversão de esforços fletores;

• Ligação entre vigas em substituição aos dentes Gerber;

• Ligação de vigas com paredes de concreto;

• Ligação vertical entre paredes;

• Ligação horizontal no empilhamento de paredes ou painéis;

• Pilares curtos para edifícios altos.

Posts relacionados

Deixe um comentário